A geração dos contadores de histórias

Já reparou nas inúmeras vezes que deixamos de curtir uma bela paisagem pois ficamos tentando enquadrá-la na tela da máquina fotográfica? E quantas vezes descobrimos que algum amigo está viajando depois de ver em diversas redes sociais mais de duzentas atualizações e comentários como “NY é demais!”.

O sucesso do twitter e de tantas outras redes sociais me despertaram uma reflexão que já vinha fazendo há tempos desde o boom das máquinas digitais e celulares com câmeras integradas. Essa reflexão é relacionada à ansiedade das pessoas em relatar tudo o que está acontecendo e até que ponto elas deixam de “aproveitar o momento” ou até mesmo, passam a criar situações para serem registradas.

E foi justamente esse o tema que o estrategista social Renny Gleeson tratou em um vídeo muito divertido do TED – ideas worth spreading. Em seu discurso, ele fala também sobre a atual obrigação de estarmos o tempo todo disponíveis e das diversas manobras que praticamos para checar o celular a todo momento. Nesse ponto, ele destaca o fato de que os celulares nos tornam mais antisociais e cada vez mais distantes até de quem está ao nosso lado.

Em outro determinado momento de seu discurso, ele cita uma frase muito interessante: “Our reality is less interesting than the story that I will tell”. Ou seja, hoje há uma necessidade tão grande de exposição que acabamos nos tornado pequenos contadores de histórias que, para atrair o público, criamos realidades que tendem a ser mais interessantes do que realmente são.

A questão é:  Será que a tendência é que haja cada vez mais essa superexposição e necessidade premente de provarmos quem somos, ou melhor, quem gostariamos de ser? E como diferenciar o real da fantasia diante dessas diversas formas de exposição que nos tornam, em partes, mais próximos e mais distantes?
Renny termina seu discuso com um pedido, que ao meu ver é super pertinente: “Devemos criar tecnologias para fazer as pessoas mais humanas e não menos”.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=x22QqXOXQsw]

Qual a sua opinião sobre isso? Comente!

Inspirações Relacionadas