Conteúdo como vantagem competitiva

A galinha dos ovos de ouro da internet hoje em dia é, sem dúvida, o conteúdo. Um bom conteúdo, relevante, interessante e sofisticado é capaz de fidelizar clientes e fazê-los se apaixonar por sua marca.

Conteúdo leva à conversa. “Conversa engaja seus clientes”, escrevem Ann Handley e C.C Chapman no livro Regras de conteúdo: Como criar blogs eficientes, Podcasts, videos, Ebooks, Webinars (e mais) que engajem clientes e acendam a chama de seu negócio, que acabou de chegar às livrarias.

“Em outras palavras, conteúdo online é poderoso para o seu negócio, tem a habilidade de despertar o interesse, aumentar engajamento, e convidar à conexão. Considere seu conteúdo como algo além de palavras e imagens em uma página – como uma extensão da sua marca”, Handley e Chapman escrevem.

Bom conteúdo como vantagem competitiva

Considerem a história de Marcus Sheridan,  um dos três donos do River Pools e Spa em Warsaw, Virgínia, EUA.  A empresa instala piscinas e banheiras em Maryland e Virginia.  Apesar de anos de recorde de chuvas, da crise imobiliária e da economia preguiçosa, River Pools e Spas continua a crescer: em 2009, vendeu mais piscinas de fibra de vidro do que qualquer outra empresa nos Estados Unidos, onde está entre o top 5 das empresas de piscinas cobertas, hoje.

Uma grande razão para isto, Marcus diz, é a aproximação de sua empresa com o negócio. “Estava acostumado a ver minha empresa como uma empresa de piscina. Nós instalamos muitas piscinas e, portanto, somos uma empresa de piscinas. Essa mentalidade estava completamente errada. Hoje, eu vejo meu negócio como uma empresa de conteúdo de marketing. Em outras palavras, meu maior objetivo é entregar um conteúdo mais valioso, útil e notável para os clientes do que qualquer outra empresa do meu campo, o que produzirá mais leads para mais vendas”, ele diz. Por meio de um fluxo constante de posts e vídeos em blogs (a empresa publica de 1 a 3 por semana)  Marcus criou o site de piscinas mais educacional e informativo da internet.

“A maioria das pessoas que pesquisa pela internet procura algo além”, acrescenta. Não estão procurando apenas por piscinas, como escreveram em alguma pesquisa preliminar, depois elas estreitaram suas escolhas. “Eu me coloquei na mente do cliente e pensei, ‘Quais perguntas não foram respondidas?” .

Os motores de busca amam pessoas como Marcus; produzem conteúdo com palavras-chave ricas, vídeos no Youtube, posts em blogs, e assim por diante, e então aparecem com consistência na primeira página de pesquisas. Mas Marcus vê o conteúdo que produz como uma vantagem competitiva que expande e aprofunda seu relacionamento com possíveis clientes. Em outras palavras, seus clientes o encontram organicamente através de pesquisas, mas eles fecham negócio com ele por causa de sua boa-vontade em falar sobre problemas e armadilhas a serem evitadas, o que constrói confiança, credibilidade e em última instância, a lealdade de fãs fervorosos.

“Quanto mais valiosa for a informação que você pode dar aos outros, mais você será visto como um expert e portanto, ganhará a confiança do cliente”, diz Marcus. “A pessoa com abundância mental vence”.

“Conteúdo bom é mais do que textos, gráficos e vídeos”, escrevem. “É uma concretização da sua marca. É desenhado para inspirar as pessoas a lerem mais, ou conhecerem e amarem sua empresa um pouquinho mais”.

Extraído  de Content Rules: How to Create Killer Blogs, Podcasts, Videos, Ebooks, Webinars (and More) That Engage Customers and Ignite Your Business- Ann Handley e C. C. Chapman.

Posts Relacionados