Crescimento do e-commerce na pandemia

Social Media
Zero11 Propaganda Social Media

Que atire a primeira pedra quem não tiver feito alguma comprinha online em 2020, durante a pandemia. Acho difícil ter alguém. Roupas, livros, jogos, decoração, comida, até mesmo celulares e equipamento de microfone profissional. Essas foram algumas das coisas que chegaram por aqui graças ao e-commerce durante o isolamento e, é claro, eu não fui o único que aproveitou as facilidades de comprar online.

Ficar dentro de casa, para aqueles que tiveram essa opção, trouxe a necessidade de fazer com que o mercado se adequasse ao que os consumidores precisassem. E o que muita gente precisava era poder fazer compras online com entregas em sua casa. Por isso, o consumo online explodiu, principalmente com a entrada de consumidores que não tinham o costume de comprar via internet.

Uma onda sem sinais de cansaço

De acordo com uma pesquisa realizada pela Criteo, cerca de 56% dos consumidores entrevistados afirmaram que realizaram compras online pela primeira vez durante o isolamento. Um movimento que, em circunstâncias normais, provavelmente demoraria anos para atingir esse nível e acabou forçado a uma mudança radical.

Nós já falamos por aqui a importância de se ter uma presença de vendas na internet, seja ela em um e-commerce próprio ou debaixo do guarda-chuva de uma empresa maior, mas vale reforçar essa dica, principalmente por causa do outro dado que essa pesquisa mostrou: desses 56%, 98% pretendem continuar comprando online, mesmo depois do “fim” da pandemia, ou quando esse fim chegar.

Tendência para 2021

Não dá mais para fugir. Se é que alguém ainda estava relutante em ter uma operação online, é claro. É preciso atualizar as estratégias e buscar uma solução para as vendas em tempos de isolamento.

2020 foi um ano complicado, mas que demonstrou que muitas interações podem ser simplificadas. A popularização ainda que tardia do QR Code (que, finalmente, emplacou depois de tantos anos como promessa) e a vinda do Pix para facilitar as transações são só alguns exemplos de mudanças de paradigma que mostram que, cada vez mais, nossas compras serão fechadas através das telas.

Claro que existem várias maneiras de se começar sua operação de vendas digital, o que não dá mais é para ficar sem ter uma. A competição é cada vez mais acirrada e, por isso, você precisa contar com quem tem quase 30 anos de experiência em mostrar sua marca para os clientes. 

A Zero11 tem o time certo para te ajudar a não só começar a vender pela internet, como também a anunciar sua marca e fazer com que ela seja reconhecida. Entre em contato com a gente e veja as estratégias que podemos fazer juntos.

Compartilhe:
Compartilhar linkedin Compartilhar twitter Compartilhar facebook Compartilhar whatsapp Compartilhar e-mail
Comente:

E-mail*
Nome*
Mensagem